Bolhas Bloguistas

NÓS! Literalmente nós! Nós vamos bem com caviar, ao almoço e ao jantar. Estamos bem e a melhorar. Ninguém nos pode parar e Nós sempre a borbulhar. bolhas_bloguistas@yahoo.com.br Um espaço aberto a toda e qualquer futilidade...

quinta-feira, fevereiro 23, 2006

Frase do dia

"Não troques quem amas por quem te dá prazer, porque quem te dá prazer trocar-te-á por quem ama."

Vi esta frase numa revistinha no spa e pensei, tenho que colocar este tema à discussão pública das Bolhas.
Que frase mais sábia!
As Bolhas têm as gavetas bem arrumadinhas, há a gaveta do amor e há a gaveta do prazer.
Nós amamos a família (a árvore genealógica toda), com especial ênfase no Bolhão e nos Bolhinhas, os amigos e como como magnânimes até amamos um poucochinho aqueles que nos tratam com respeito e deferência, sei lá, como deixar de amar o motorista ou a cozinheira que tanto faz pelas nossas mil e uma dietas cheias de recomendações especiais? Isto é o amor que retribuimos nas devidas doses consoante o destinatário.
O prazer é diferente. Sim vocês estão a pensar no mesmo que eu, no amante, a fonte por excelência do prazer. Mas pergunto eu, é preciso amar o amante? Claro que não, só uma pindérica resolve amar o amante e começa a ter idéias de trocar o marido por ele, fica ensandecida e deita tudo a perder. Tola! Perde tudo mesmo, pois está claro. O marido corta com ela, corta a mesada, corta as mordomias e as viagens ao estrangeiro, é como se fosse um "puff" e a vida tal como era deixa de ser; e o amante ao fim de um tempo vai à vida dele, e a parva fica sem amor e sem prazer. Burra. Burra.
Por isso minhas caras, deixo-vos este conselho, tenham as vossas gavetas sempre bem arrumadas e amem quem devem amar e tenham prazer com quem vos dá prazer, mas nada de confusões, pode ser?

6 Comments:

Blogger Bolha Mor said...

Nada mais acertado querida amiga...
Com este post está a um passo de ganhar o Pulitzer Prize! Adorei o post.
Justissimo!

4:50 da tarde  
Blogger Bolha de Champanhe said...

Alguma bolha no seu perfeito juízo guarda as meias de seda no mesmo sítio onde guarda a cuequinha rendada de cetim? jamais!!

5:03 da tarde  
Blogger Bolha Mestra said...

Adorei o post e concordo inteiramente mas fica-me uma dúvida Champanhe...Como é que uma Bolha que já tem tantos afazeres, ainda mais quando é bolha Mãe, consegue arranjar tempo para a segunda gaveta???? Não será melhor o dois em um??? Ou seja, o marido/amante????

5:32 da tarde  
Blogger Bolha Mor said...

A Bolha Mestra anda de todo... Coitadita, foi da tese! Concentração em demasia de neurónios, puff, não tarda está esgotada.
Onde já se viu um marido amante? É a mesma coisa que comer esparguete com caviar, não dá, não é???

5:43 da tarde  
Blogger Bolha de Champanhe said...

Bolha, você não percebe nada, Bolhão É AMANTE! Mas Bolhão que se preze tem vida azafamada, viagens de trabalho ao estrangeiro todas as semanas, reuniões importantérrimas a toda a hora, conference calls a meio da noite e um racho de gente de volta dele 90% do dia. Ele tudo faz para manter a Bolha feliz e abonada e coitado, às tantas não dá para tudo. É aí que entra o amante, jovem, livre e sem compromissos que gosta de jardinar (a menina não v6e as Donas de Casa Desesperadas? Onde pensa que se inspiraram quando decidiram que o jovem John tinha de trabalhar? na vida das Bolhas, claro!) e nos entretantos partilha com a Bolha a sua juventude e vigor.

5:52 da tarde  
Blogger Bolhinha said...

Com tanta informação tenho que arrumar esta minha cabeça ou ainda baralho tudo...Caso com o jardineiro e sou amante do meu Bolhão...

9:35 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Counters
University of Phoenix Pimp MySpace.com
Number of online users in last 3 minutes